27.3.12

Portolook

O que são linhas incomuns? Sabemos o que é comum para nós. Mas também procuramos o incomum, o que salta à vista como agradável.
Fomos à procura de pessoas que sobressaíssem no meio da multidão. Andamos pelo Porto, a importunar as pessoas, fotografamos e fotografamos. A nossa inspiração era o lookbook.nu e as suas imagens fantásticas. Esta é a nossa recriação semanal, o Portobook. Preparem-se,  se virem um grupo de pessoas e uma máquina fotográfica, não fujam. Venham ser incomuns.


Fizemos 4 perguntas:


1: "Porto" e "Moda": combinam?
2:  Imagina o teu armário. Escolhe 3 peças de roupa que levarias para uma ilha deserta.
3: Retro, Chic ou O-que-me-der-na-cabeça?
4: O teu lema de vida mais fashion.



Inês Guedes Pimenta, 19, Porto, Estudante


A Inês apareceu-nos à frente e não pudemos resistir a convidá-la para participar. Ela diz que o Porto combina com moda, e "muito". Se tivesse que ir para uma ilha deserta, levava "um vestido da Canton, um vestido amarelo Denny Rose e um bikini". Além disso, adora ser chic e rege-se por "Keep calm and do it yourself"!



Rebeca Bonjour, 21, Porto, Jornalista


Já a Rebeca (Beky para os amigos) acha que o Porto não combina com a moda. Na eventual hipótese de ter que ir para uma ilha deserta, a Beky escolhia um bikini, uma t-shirt e umas leggings, muito simples. E gosta mesmo é de vestir o que lhe vier à cabeça. E quando lhe perguntei um lema de vida... foi muito expressiva: .|.



Pedro Pereira, 17, Porto, Estudante


Pelo caminho encontramos o Pedro. Estudante de Moda, o Pedro tem uma opinião muito definida no que toca ao Porto e a relação com a sua área: "penso que sim, o Porto é uma cidade muito bonita onde se pode ver de tudo um pouco. E no que toca ao que é ligado à moda, o Porto tem ótimos fatores para ser conhecido pelo lado positivo". Depois, levava uns skinny jeans, uma t-shirt e uma camisa, mas tem esperança de não ter que ir parar à ilha deserta. Uma coisa curiosa e, talvez, não surpreendente, é que ele gosta de "misturar os estilos e pôr sempre um pequeno detalhe para completar tudo". Acho que ele faz um mix de retro, chic e o que lhe der na cabeça. E faz muito bem. Antes de irmos embora, ainda deixou um lema interessante: "Dress whatever you feel".



Irela Borges, 16, Porto, Estudante


A Irela é uma rapariga muito simpática que, por acaso, até concorda com a Rebeca e diz não achar que o Porto e a Moda combinem muito. Na ilha deserta, ia ser simples: um bikini, umas sandálias e um vestido. Se a encontrarem por lá, já sabem o que vai vestir. Sempre com um lindo sorriso, vai dizendo que gosta de vestir o que lhe vier à cabeça, não se prende a um estilo único. Para a Irela, o mais importante... diz que "é preciso saber viver". E acaba por ser esse o lema que mais gosta.



João Sanahuja, 21 e Diogo Miguel, 18. Gaia, Estudantes.


Logo ali ao lado, em plena conversa, estavam estes dois jovens rapazes. Não dava para mudar de sítio sem os ir buscar. Tinham que aparecer na nossa rubrica. Acabaram por responder em conjunto às perguntas. Por exemplo, ambos concordaram que o Porto combina mais com a moda que Lisboa. E ambos preferem o retro. No que diferem? Enquanto que um ia com um bom casaco, calções e sapatos (João - à esquerda), outro levava umas calças justas de ganga, uma túnica de linho e uns sapatos de vela (Diogo - à direita). Começo a ver que todos iam bem preparados para a ilha deserta. A melhor parte chegou com os seus lemas de vida... O João escolheu "Uns bons sapatos sempre na mala" (o comentário "isso é mais para as raparigas" surgiu, da parte dele, mas riu-se e achou piada ao lema) e o Diogo ficou com um "Cabelo sempre arranjado".



Cláudia Feijóo, 18, Porto, Estudante


A Cláudia chamou-nos a atenção com o padrão "tigresse" e acabou aqui na rubrica. Como a maioria, acha que o Porto e a Moda combinam. A peculiaridade dela é escolher só roupa preta para a ilha: eu cá acho que com o preto, o calor ia ser um bocadinho forte. Mas ela avança com as peças: um casaco, uma t-shirt e umas leggings. Talvez nem fosse assim tão quente... E depois misturava tudo como lhe apetecesse. Ela gosta assim. Confesso aqui que, de todos, o lema que ela escolheu é o meu preferido: como amante de Rammstein que é, escolheu o título de um dos álbuns da banda alemã. "Liebe ist für alles da", ou traduzido para português, "O amor é para todos".



Elsa Baldaia, 18, Luanda, Modelo
Maura Sebastião, 18, Luanda, Modelo
Júlia Manguene, 17, Maputo, Modelo


Quando pensavamos que íamos embora e já tínhamos entrevistas suficientes, damos de caras com estas três meninas. E não é que são três modelos que estiveram a participar nos grandes eventos de moda do Porto que ocorreram esta semana? Divertidíssimas, explicam que o Porto tem, de facto, uma boa relação com a moda, ou não fossem elas profissionais da área. A ideia da ilha deserta inspirou-as: a Elsa levava, sem dúvidas, um vestido, uma saia de cintura alta e uma blusa; a Maura ficava-se por um bikini, chinelos e um chapéu; e a Júlia usava umas sandálias, uma saia curta e uma blusa. A Elsa e a Maura gostam de vestir o que lhes der na cabeça; a Júlia prefere misturar diferentes estilos. E escolhem lemas bem divertidos: "Viver a vida sempre fashion" (Elsa), "I love fashion" (Maura), "Diferente e irreverente" (Júlia).


Não temos muitas dúvidas que a moda anda aí à solta. Agora, vamos sempre procurá-la e mostrá-la a todos. O Portobook continua na próxima terça-feira. E está atento: podes ser o próximo a fazer parte desta coleção de talentos.


LS

Sem comentários:

Enviar um comentário

PARCEIROS